Você está em: Comunicação > Saiu na mídia

Saiu na mídia

30 de dezembro de 2013

Réveillon na Paulista festejará os 460 anos da cidade

Por: SPTuris

Tags:

O projeto da 17ª edição do Réveillon na Paulista, que iniciará as festividades dos 460 anos da cidade, já está definido. Entre as 19h30 de amanhã e 2h de quarta-feira milhares de pessoas são esperadas para se divertirem e festejarem o novo ano com atrações que representam a diversidade da música brasileira: Sampa Crew, NXZero, Paulo Ricardo, Mauricio Gasperini, Supla, Marcelo Bonfá, Toquinho, Fernando e Sorocaba, Baile do Simonal e a escola de samba Mocidade Alegre. Estiveram no evento de apresentação o secretário para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Marcelo Rehder e o vice-presidente e diretor de eventos da empresa municipal, Ítalo Cardoso, responsáveis pela festa, além de representantes dos patrocinadores, como o gerente-geral do Banco do Brasil, Ricardo Bacci Acunha, o diretor de marketing do Magazine Luiza, Rogério Bruxellas, e o gerente regional de marketing da Ambev, Gustavo Segantini, além do tenente coronel da Polícia Militar, Fernando Bartasevicius, o analista de desenvolvimento do metrô, Leonardo Ueda, e representantes da Playcorp, empresa organizadora do evento.

Para Rehder, o evento é uma festa eclética, multicultural e grandiosa, como a própria cidade. “O Réveillon da Avenida Paulista é um dos mais importantes não apenas do Brasil, mas também do mundo. Mostra a importância de São Paulo para o País e também a força da cidade como destino cultural e antenado. Esperamos que o evento deste ano seja novamente um sucesso e que emocione a todos”, afirma.

O palco com 1.000 m² de área será caracterizado com bandeiras das mais variadas nações que representam alguns dos povos que fizeram e fazem a história e a pujança de São Paulo. Luigi Baricelli será o mestre de cerimônias e também conduzirá a contagem regressiva para a virada do ano, que será celebrada com um show pirotécnico que consumirá 100 mil fogos de artifício e 6 mil bombas multicoloridas.

Efeitos especiais de imagem, com montagens multimídia feitas especialmente para a ocasião, e a potência do som serão atrações à parte.

Uma chuva de papéis laminados e canhões de luz completarão o clima de comemoração e desejos de um ano bom: como 1º de janeiro é também o Dia Mundial da Paz, o evento reforçará a importância da convivência pacífica entre todos, simbolicamente representada na Avenida que acolhe todos os povos.

Todos os números do Réveillon na Paulista impressionam: são 250 toneladas de aço, ferro e alumínio no palco e nas estruturas metálicas da avenida, 1,2 MW de iluminação, 8 quilômetros de estruturas de gradeamento e 25 geradores que, juntos, produzem 4,2 MW de energia.

Os 700 mil watts de som garantem que quem estiver em um raio de mais de dois quilômetros do palco poderá curtir cada momento da festa. Mais de 4,5 mil pessoas trabalham, direta ou indiretamente, no Réveillon na Paulista. Apenas na segurança são 3 mil profissionais, entre membros da Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana, Companhia de Engenharia de Tráfego e seguranças particulares. Eles contarão com o apoio de viaturas, motocicletas, bases comunitárias, além de câmeras instaladas em pontos estratégicos da avenida. Uma área especial para quem possui mobilidade reduzida completa a infraestrutura do evento, que também inclui cerca 400 banheiros químicos e brigada de incêndio.

Redação – DCI (30/12/13).

Notícias Relacionadas:

  • Marca SP