Cidade de São Paulo

20 de maio de 2016

Virada Cultural: gasto médio na última edição foi de R$ 60

Por: SPTuris

Tags:

São Paulo, 19 de maio de 2016 – As sextas-feiras em São Paulo costumam ser dia de happy hour para muitas pessoas e, para atender esse público, a Virada Cultural deste ano terá uma novidade: um “esquenta” com atrações a partir das 18h de sexta (20), concentrado na região central da cidade. O evento faz uma pausa pouco depois da meia-noite e retoma as centenas de atrações no sábado e domingo (21 e 22).

O Observatório de Turismo e Eventos, núcleo de pesquisas e inteligência de mercado da São Paulo Turismo – SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos -, realizou pesquisa durante a edição de 2015 e revelou o perfil do público que participou do evento:

• 85% moravam na cidade de São Paulo
• 54% eram mulheres e 46% homens
• 33 anos foi a idade média
• 30% tinham ensino superior completo e outros 30%, o ensino médio completo
• 41% eram assalariados com registro
• R$ 60 foi o gasto médio individual durante a Virada

O levantamento também mostrou alguns aspectos sobre locomoção e motivação para frequentar a Virada Cultural:
• 28% usaram o metrô e 22% o ônibus para chegar ao evento
• 59% obtiveram informações sobre a Virada pela internet
• 66% não tinha ido à edição de 2014
• 25% teve motivação pelas novas atrações e talentos para ir ao evento
• 59% informou-se sobre as atrações pela internet

O público também deu nota média para a Virada Cultural em 2015 de 8,2, e a gastronomia de rua teve avaliação com 8,8. Diversos itens sobre a estrutura do evento também foram bem avaliadas pelo público como bom ou ótimo, e o que mais agradou na programação geral foi música (20%) dos estilos MPB, rock, samba, rap/hip hop e sertaneja. O levantamento completo de 2015 está disponível no site observatoriodoturismo.com.br e este ano será feita nova pesquisa, cujos resultados serão divulgados após o evento.

Além disso, Centrais de Informação Turísticas fixas e móveis (em vans) estarão em funcionamento durante o evento para distribuição da programação e fornecer informações sobre atrativos da cidade. Vão funcionar nos seguintes dias e locais:

• 20/05 – Sexta-feira – Vd. do Chá, 15 (em frente à Prefeitura), das 16h às 23h e CIT Olido (Galeria Olido – Av. São João, 473 – Centro), das 9h às 22h
• 21/05 – Sábado – Vale do Anhangabaú, das 16h às 23h e CIT Olido, das 9h às 22h
• 22/05 – Domingo – Parque Ibirapuera, das 10h às 17h
Infraestrutura
A SPTuris é responsável por praticamente toda infraestrutura do evento, cuidando da montagem dos palcos, equipamentos de som, postos médicos, ambulâncias, distribuição de totens de sinalização, instalação de banheiros químicos, grades e outras estruturas são planejadas pela empresa com antecedência. A empresa também montará áreas de lazer e recreação com brinquedos infláveis em dez unidades dos CEUs (Centros Educacionais Unificados) e mais 15 locais espalhados pela cidade.

Confira abaixo alguns números de infraestrutura da Virada Cultural 2016:

• 1.500 seguranças particulares
• 900 pessoas de serviço contratadas (bombeiros, carregadores e limpeza)
• Cerca de 50 pessoas de produção funcionários da SPTuris, mais 120 produtores contratados e 60 pessoas que cuidam de palcos
• 5 Postos Médicos por 24 horas com 42 ambulâncias, sendo 16 com UTI
• 7.000 metros de cercamento (grades e fechamento metálico)
• 10 telões de 4×3 metros cada
• 800 cavaletes e 100 cones para interdição das vias + 2 km de fita zebrada
• 50 geradores, gerando 10.500 kVA
• 1.200 sanitários entre padrão e adaptados para PNE instalados na região central e espalhados nos bairros

NaoseremosHaqueadostaofacilmenteaquina@spturis.2089

NX ero. Foto: Divulgação.

NaoseremosHaqueadostaofacilmenteaquina@spturis.2089

Elza Soares. Goto: Divulgação.

NaoseremosHaqueadostaofacilmenteaquina@spturis.2089

Gaby Amarantos. Foto: Divulgação.

6 D

Palavra Cantada. Foto: Divulgação.

Mais informações sobre a programação no site: viradacultural.prefeitura.sp.gov.br

WWW.OBSERVATORIODOTURISMO.COM.BR