Cidade de São Paulo

31 de março de 2014

Nova sinalização turística para pedestre começa a ser instalada em São Paulo

Por: Eduardo Fuertes

Tags:

Implantação das placas  é uma das ações da cidade para receber a Copa do Mundo.

Mosteiro São Bentos. Foto: José Cordeiro/ SPTuris.
Mosteiro de São Bentos. Foto: José Cordeiro/ SPTuris.

 

São Paulo, 02 de abril de 2014 – Desde a última semana diversos pontos turísticos da capital estão sedo sinalizados. Até o momento, 49 atrativos receberam a placa interpretativa de monumento, que é aquela fixada em frente aos locais com informações básicas sobre o bem em português, inglês e espanhol. Ao todo, 53 pontos turísticos serão sinalizados com este tipo de placa e restam apenas quatro a serem fixadas: Casa da Bóia, Secretaria da Justiça, Prédio Histórico dos Correios e a Igreja do Beato Anchieta.

A implantação das placas de sinalização turística para pedestres é uma das medidas da São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos) para melhorar a estruturação do turismo na cidade, visando também a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

Serão três tipos de placas: a direcional, que mostrará com setas a direção dos pontos turísticos; a placa interpretativa externa de monumento, que fica em frente aos atrativos e traz texto sobre a história do local; e a interpretativa de região, com o mapa da área e a localização dos pontos de interesse turístico próximos. As placas são trilingues e as duas últimas tem QRCode: quando o visitante apontar seu smartphone para a imagem usando o aplicativo necessário, será direcionado para uma página eletrônica com mais informações sobre os pontos turísticos.

Após a instalação das placas interpretativas de monumento, será iniciada a implantação das placas interpretativas de região e por último, as direcionais. O término da instalação está previsto para maio e até a abertura da Copa do Mundo FIFA 2014 a sinalização turística para pedestres no centro de São Paulo estará concluída.

“O projeto visa orientar e estimular a visitação dos turistas e também aos paulistanos, oferecendo mais informações sobre nossa cidade. Ao todo, o plano prevê a sinalização de 72 atrativos”, afirma o secretário municipal para Assuntos de Turismo e presidente da SPTuris, Wilson Poit.

 Igreja Santa Efigênia. Fotot: José Cordeiro/ SPTuris

Igreja de Santa Efigênia. Foto: José Cordeiro/ SPTuris


Os modelos de placas

Placa direcional
Ao todo 254 placas orientarão o turista quanto a indicação de sentido das rotas turísticas. Ficarão em logradouros públicos e em locais com movimentação intensa de turistas.

Placa interpretativa externa de monumento
Fixada em um suporte à frente do atrativo, ou diretamente na fachada do imóvel, apresentará informações básicas sobre o bem em português, inglês e espanhol. A placa também terá um QR Code, que direciona facilmente os usuários de tablets e smartphones a uma página específica para cada atrativo, elaborada pela São Paulo Turismo, contendo mais informações e curiosidades sobre o atrativo. Com este modelo, serão contemplados 53 equipamentos turísticos.

Placa interpretativa de região
Sua implantação será em áreas abertas, de grande circulação de turistas, tais como praças. Também terá o conteúdo em português, inglês e espanhol, situando a região ou local no contexto urbano, histórico e turístico, indicando os atrativos no mapa e informando as distâncias entre os bens culturais próximos àquela área. Com informações na frente e no verso, as placas de região também apresentarão o QR Code, e serão instaladas em 19 pontos do centro da cidade de São Paulo.

Envolvidos
O projeto é uma parceria entre o Ministério do Turismo e a Prefeitura de São Paulo, por meio da São Paulo Turismo, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Departamento do Patrimônio Histórico, Conpresp – Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo e Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Outras ações para a Copa
Além da sinalização turística para pedestres até a data do mundial, a São Paulo Turismo ainda vai concluir a implantação de outras medidas que irão melhorar a recepção aos turistas em São Paulo. Uma delas é a entrega de novas Centrais de Informação Turística, sendo oito móveis, para uso durante os jogos e Fan Fests, e duas fixas, sendo uma no Terminal Tietê e uma no Aeroporto de Congonhas.

A SPTuris também está auxiliando o MTur a realizar os programas de capacitação profissional na cidade por meio do Pronatec Copa. Mais de 1.150 paulistanos que trabalham da cadeia produtiva do turismo foram matriculados e novas turmas serão formadas em abril.

A SPTuris ainda está participando de uma série de iniciativas, como o treinamento de atendentes de centrais telefônicas para a Copa, o desenvolvimento de um site oficial de turismo para o mundial, auxílio no Programa Brasil Voluntário do Governo Federal, produção e distribuição de guias turísticos, promoção internacional da cidade em feiras de turismo fora do país, organização de press trips e um programa de sensibilização para a Copa junto aos principais profissionais de turismo da capital paulista, além de auxiliar a Secretaria Municipal de Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida no programa “Capacitação para o atendimento e a Prestação de Serviços às Pessoas com Deficiência para a Copa do Mundo e outros eventos”. A proposta do curso é a difusão de práticas de atendimento direcionadas às pessoas com deficiência e otimização da acessibilidade.