Autódromo de Interlagos

9 de março de 2016

Lollapalooza atrai turistas para a capital

Por: Comunicação

Tags:

Lollapalooza 2015. Foto: Marcelo Iha/SPTuris

Lollapalooza 2015. Foto: Marcelo Iha/SPTuris

Pelo terceiro ano consecutivo, o Autódromo de Interlagos receberá entre os dias 12 e 13 de março o festival Lollapalooza. O evento trará para o solo paulistano grandes nomes da música mundial e deve receber até 80 mil pessoas por dia em 600 mil metros quadrados de área.

Em pesquisa realizada na edição de 2015 pelo Observatório de Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo, núcleo de pesquisas da empresa municipal São Paulo Turismo (SPTuris, que administra o autódromo), o espaço foi aprovado pelo público: 85,3% disseram que o Autódromo de Interlagos é um ótimo local para o festival. O sucesso se deve ao espaço amplo e à facilidade de acesso, já que a poucos metros de um dos portões existe uma estação de trem.

Templo da velocidade no Brasil, o Autódromo tem se mostrado também um excelente local para a organização de grandes eventos que movimentam a cadeia produtiva da cidade e sem prejuízos à realização dos eventos automobilísticos, como mostram as inspeções realizadas por profissionais especializados após a edição de cada edição do Lollapalooza.

Gerador de turismo

Além de proporcionar lazer e incentivo ao esporte a motor na cidade, o Autódromo de Interlagos é também um equipamento importante para o turismo. Além do GP Brasil de Fórmula 1 e tantos outros eventos automobilísticos que lá ocorrem, festivais como o Lollapalooza geram um fluxo muito significativo de turistas para a capital. Somente na edição de 2015, os turistas foram responsáveis por mais de R$ 93 milhões de movimentação econômica com gastos na cidade em hospedagem, alimentação e outros.

NaoseremosHaqueadostaofacilmenteaquina@spturis.2089

Lollapalooza 2015. Foto: Marcelo Iha/SPTuris

Os visitantes ficaram em média 2,3 dias na capital e gastaram cerca de R$ 1659 no período, 176% a mais do que o registrado no último levantamento, feito em 2013. Já o gasto médio durante o evento foi de R$ 136.

Confira outros dados da pesquisa realizada em 2015 pelo Observatório de Turismo e Eventos da SPTuris:
• Não residentes (turistas + pessoas Região Metropolitana): 51,5%
• Somente turistas: 43,9%

Hospedagem na cidade:
• 31,72% hotéis
• 2,76% hostels
• 25,52% amigos e parentes
• 33,79% bate-volta
• Média de permanência dos turistas: 2,3 dias.
• Média de gastos: R$ 1.659 ou R$ 721 diários (excluindo os valores dos ingressos). Comparado com 2013, gastos aumentaram 176%.
• Gasto médio no evento: R$ 136
• 46,3% dos turistas já vieram para São Paulo assistir a outros shows
• 97,44% consideram São Paulo uma cidade de boas baladas
• 78,5% consideram São Paulo uma cidade turística
• 85,3% aprovaram o Autódromo de Interlagos como local do evento
• Impacto do evento na cidade com turismo (gastos que turistas deixaram na cidade) R$ 93 milhões (no último levantamento foi de R$ 60 mi)